Arquivo | 11:25 am

Alerta verão: pele!

13 dez

Oi Girls!

Como foi o finde?! O meu foi ótimo, estava em SP e fiz muitas coisas legais…

O post de hoje é muito importante e serve para nos informar e também conscientizar sobre os cuidados diários que devemos ter com a nossa pele, principalmente no verão, quando acabamos abusando do sol e não tomamos as precauções necessárias para preservar a nossa saúde!

Para nos ajudar, convidei uma pessoa muito querida que respondeu as perguntinhas do blog! A Ana Carolina Amaral é uma grande amiga e excelente profissional, minha dermatologista de plantão…hehe

1 – Carol, que precauções básicas devemos ter no dia-a-dia para proteger nossa pele das ações nocivas dos raios solares?

Muitas pessoas têm dúvidas sobre qual fotoprotetor usar. A resposta depende da quantidade de exposição ao sol e do tipo de pele do paciente (por exemplo: pessoas que apresentam pele clara, olhos claros ou antecedentes de câncer de pele na família devem usar filtro solar com maior fator de proteção). Porém, na maioria dos casos, recomenda-se que o filtro solar tenha FPS 15 ou mais e apresente amplo espectro de proteção, ou seja, deve oferecer proteção solar contra raios UVB e UVA no rótulo do produto.

2 – O verão chegou e todo mundo corre para a praia em busca daquele bronzeado. Fale um pouquinho pra gente dos perigos de se expor ao sol.

É recomendável o uso de filtro solar diariamente nas áreas expostas do corpo, pois o sol além do câncer de pele, também causa envelhecimento precoce e manchas no rosto.

É importante lembrar que o índice de radiação ultravioleta do Brasil é muito alto e pacientes que fazem queimadura solar de repetição apresentam risco aumentado de desenvolver câncer de pele no futuro.

3 – Quais os melhores horários para se expor ao sol?

O melhor horário para se expor ao sol é antes das 10 horas da manhã e depois das 4 horas da tarde.

No período entre 10-16 horas, o índice de radiação UVB é maior, o que causa maior dano solar, aumentando o risco do paciente desenvolver câncer de pele.

Para as pessoas que ficarão expostas nesse horário, é recomendável que, além do filtro solar, outros tipos de proteção como bonés, barracas, óculos de sol e camisas, também sejam usados.

4 – Como podemos detectar os sinais mais comuns de câncer de pele?

Temos sempre que ficar atentos se uma pinta ou mancha mudar de coloração, tamanho ou espessura, e ainda avaliar se alguma lesão de pele apresenta coceira ou sangramento. Nessas situações recomenda-se procurar um dermatologista para melhor avaliação.

5 – Você poderia dar algumas dicas de protetor solar para diferentes tipos de pele? Que marcas você recomenda?

Em geral, para pacientes com pele oleosa, são recomendados os filtros em gel, gel creme, ou loção oil free.

Pacientes com pele seca devem optar por filtro solar em creme ou hidratantes que já venham com filtro solar na sua formulação.

Os filtros em spray são muito práticos e bem indicados para pacientes calvos (uso em couro cabeludo) e para aplicação em áreas mais extensas do corpo como braços e pernas.

Os produtos com cor de base são uma ótima opção para mulheres que gostam de usar maquiagem ou para aquelas que desejam corrigir ou disfarçar algumas imperfeições como manchas ou cicatrizes no rosto. Nesse caso, as pacientes com pele oleosa devem ter mais cuidado, pois muitos destes filtros são formulados em creme ou loção cremosa, veículos que podem piorar espinhas e cravos.

Em relação às marcas, existem ótimas opções no mercado.

Algumas opções de importados: ROC, VICHY, LA ROCHE, NEUTROGENA, MELORA, entre outras.

Opções nacionais: DERMATUS, DERMAGE,  entre outras.

6 –  Em algumas horas na praia, com que frequência o protetor solar deve ser aplicado?

O ideal é aplicar o filtro solar 30 minutos antes de ir ao sol e reaplicar o produto a cada 2 horas ou após transpiração intensa. Vale lembrar que para o filtro funcionar, ele deve ser aplicado de forma generosa. Geralmente as pessoas costumam aplicar uma quantidade menor que a recomendada.

O que se recomenda é aplicar 2 miligramas de protetor solar por centímetro quadrado de pele, mas essa definição não é muito prática, por isso, para ficar mais fácil, podemos medir essa quantidade com uma colher. Sendo assim, o ideal seria:

– Rosto e pescoço – 1 colher de chá

– Tronco – 1 colher de sopa para frente e outra para trás

– Braços – 1 colher de sopa (cada um)

– Pernas – 1 colher de sopa (cada um)

* Recomendação para um adulto de 1,70m pesando aproximadamente 70kg.

7 – Sobre o bronzeamento artificial, qual a sua opinião? É um procedimento seguro e saudável?

Eu contra indico o bronzeamento artificial, pois a exposição contínua à radiação UV presente nestas máquinas pode aumentar o risco de câncer de pele além de causar o envelhecimento precoce.

8 – E os auto bronzeadores, fazem mal a pele?

Os auto bronzeadores são cremes ou loções compostas basicamente por uma substância chamada dihidroxiacetona. Atualmente existem várias tipos de auto bronzeadores no mercado, alguns menos oleosos, específicos para face e outros que já possuem hidratantes em sua formulação.

Esses produtos não causam mal a pele e podem ser usados durante todo o ano. O inconveniente é que em algumas pessoas a coloração resultante não fica muito natural, por isso recomenda-se experimentar este produto em uma pequena parte da pele para ver se a cor fica boa, e aí então aplicar a loção no restante do corpo.

Em relação ao modo de aplicação, no inicio, o auto bronzeador deve ser aplicado três vezes por semana e depois, uma aplicação semanal já é suficiente para a manutenção do resultado. É importante o uso de luvas para que nenhuma parte do corpo fique manchada.

9 – Apesar de saber que “torrar” no sol é um verdadeiro “crime” contra a pele, muitas pessoas ainda fazem isso. Quais as recomendações para quem abusou do sol?

Para as pessoas que abusaram do sol, o mais indicado é o uso de hidratantes e loções que contenham substâncias calmantes, como por exemplo a Aloe Vera. Esses produtos geralmente não causam alergia e melhoram os sintomas de desconforto e ardência causados por queimaduras de grau leve.

E aí meninas, gostaram?! Vamos seguir as recomendações da Carol e nos cuidar nesse verão, tá?!

Carol, muitíssimo obrigada pela sua participação aqui no I Love Shoes! Eu ADOREI as informações super úteis e vou seguir com certeza! 😉

Bjsss

%d blogueiros gostam disto: